RITO DE PASSAGEM

Desde a última segunda-feira – 06 de julho de 2015 – eu passei a agregar o título de Mestre ao meu nome, que, aliás, não sei se disse, vai mudar, assim como tudo por aqui (por dentro e por fora). A quem interessar possa: o meu ritual de passagem foi documentado e pode ser conferido aí embaixo.

Estou realmente muito feliz com o resultado final e particularmente impressionado com os cometários dos avaliadores. Quebrei – como SEMPRE – o protocolo e excedi o tempo (se achou grande, clica aqui) e ainda terminei com um “podem aplaudir”, seguido por um “não sei se podia mesmo aplaudir” do meu orientador.

Essa pseudoformalidade desse academicismo pedante me dá coceiras às vezes. Por isso me revolto. Sempre que faço uma gracinha, uma piadinha, uma caretinha, falo uma merdinha, um palavrãozinho, uma giriazinha exxxxperta é a minha microrrevolução contra essa baboseira toda e ninguém pode falar nada porque bitch, I’m Madonna Mestre.

Desde o início desta semana tenho imitado o Golias e arranhado a garganta com um imeeeeeenso e sonoro Ualaaaaarrrrr

Vlw. Flw. BEAJs!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s